segunda-feira, 15 de outubro de 2007

efêmero

Como o bater das asas de uma borboleta...

2 comentários:

padma wangmo- disse...

que passa e não deixa rastro...

Jucelia disse...

Efêmero

Como
Nuvens de verão,
Mas na lembrança,
como diamante ao sol.

(Yo)